FIO encerra plenária discutindo alternativas para o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical

Com o advento da reforma trabalhista imposta ao país recentemente, os representantes dos sindicatos filiados à Federação Interestadual dos Odontologistas (FIO) encerraram a plenária realizada em São Paulo nesta quinta e sexta-feira, apresentando alternativas para sobreviver sem a contribuição sindical obrigatória. Numa clara tentativa de enfraquecer ou acabar com os sindicatos o governo federal retira dessas entidades o que, em muitos casos, representa a maior parte da arrecadação, sem a qual é impossível continuar existindo.

Diante dessa realidade, várias alternativas foram apresentadas, como a criação de parceria com empresas, oferta de serviços variados aumentando a área de atuação do sindicato, campanhas de filiação, entre outras. Mas tudo fica no campo da especulação, pois os efeitos da nefasta reforma trabalhista, nesse aspecto, serão sentidos apenas a partir do próximo ano.

A próxima reunião plenária da FIO deverá acontecer em março de 2018, em São Paulo.

Paulo Passos
Jornalista/FIO

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Quem está online

Temos 15 visitantes online